Pesquisar
,

Forças Democráticas Sírias libertam cidade de Manbij do Estado Islâmico

A cidade de Manbij era um ponto estratégico na Síria, já que fazia parte da rota de suprimentos para a cidade de Raqqa, controlada pelo Estado Islâmico.
por Pedro Marin | Revista Opera*

As Forças Democráticas Sírias (SDF) libertaram na última sexta-feira (12), com o apoio aéreo da coalizão norte-americana, mais de duas mil pessoas usadas como escudo humano pelo Estado Islâmico, e tomaram o controle da cidade de Manbij, no norte da Síria.

O grupo, formado por milícias curdas, árabes, turcomanas, assírias e armênias, levava a cabo uma ofensiva contra os combatentes do Estado Islâmico na cidade desde o final de maio, com o apoio da coalizão norte-americana.

“Foi complicado para nós salvar os civis da área, mas nós conseguimos. Os terroristas agora estão fugindo. Nós iremos atrás deles não importa onde eles forem”, disse uma combatente das Unidades de Proteção Popular (YPG) à RT.

De acordo com informações do Observatório Sírio de Direitos Humanos e fontes curdas, cerca de 500 carros com militantes do EI e civis abandonaram a região na sexta-feira, depois de um acordo entre os dois lados.

“A cidade está agora completamente sob nosso controle, mas nós estamos fazendo operações de varredura”, disse Sharfan Darwish, do Conselho Militar de Manjib das SDF, à Reuters.

A cidade de Manbij, próxima à fronteira com a Turquia, era um ponto estratégico na Síria, já que fazia parte da rota de suprimentos para a cidade de Raqqa, controlada pelo Estado Islâmico.

De acordo com a Reuters, residentes e observadores reportaram a morte de dezenas de civis, incluindo crianças, durante os bombardeios por parte da coalizão norte-americana na cidade.

*Com informações de RT e Reuters

Continue lendo

internacional
Qual é a eficácia dos empréstimos e da assistência internacional?
guerra
Vijay Prashad: a guerra dilacera o coração da humanidade
europa
A crise de moradia alimenta a ascensão da extrema-direita na Europa

Leia também

palestina_al_aqsa
Guerra e religião: a influência das profecias judaicas e islâmicas no conflito Israel-Palestina
rsz_jones-manoel
Jones Manoel: “é um absurdo falar de política sem falar de violência”
Palmares
A República de Palmares e a disputa pelos rumos da nacionalidade brasileira
Acampamento de manifestantes pedem intervenção militar
Mourão, o Partido Fardado e o novo totem [parte I]
pera-9
A música dos Panteras Negras
illmatic
‘Illmatic’, guetos urbanos e a Nova York compartimentada
democracia inabalada
Na ‘democracia inabalada’ todos temem os generais
golpe bolsonaro militares
O golpe não marchou por covardia dos golpistas
colono israel
Os escudos humanos de Israel