Pesquisar

EUA e Ucrânia votam contra resolução da ONU que condena glorificação do nazismo

A medida, proposta pela Rússia em conjunto com outros 54 países, expressa preocupação com homenagens ao nazismo e ex-membros da SS.
por Pedro Marin | Revista Opera
(Foto: Svoboda)

Os Estados Unidos foi um dos três países a votar contra uma resolução que condena a glorificação do nazismo na última sexta-feira (18), na Assembleia Geral das Nações Unidas.

A resolução “Combatendo a glorificação do Nazismo, Neo-Nazismo e outras práticas que contribuem com o aumento de formas contemporâneas de racismo, discriminação racial, xenofobia e intolerância relacionada”, proposta pela Rússia e outros 54 países, foi aprovada com 131 votos a favor, três contra e 48 abstenções. Ucrânia e Palau foram os outros países a votar contra a proposta.

“Nós condenamos sem reservas todas as formas de intolerância étnica e religiosa ou ódio nos EUA e no mundo. No entanto, dada o escopo excessivamente estreito e a natureza politizada da resolução, e porque ela pede por limites inaceitáveis nas liberdades de expressão fundamentais, os EUA não podem apoiá-la”, disse a representante-adjunta dos EUA, Stefanie Amadeo. Os EUA também acusou a Rússia de apresentar a medida como uma forma de atacar politicamente a Ucrânia.

A resolução tem como objetivo expressar preocupação com o fato de que alguns países glorificam o movimento nazista e honram alguns ex-membros da SS, e pede para que os estados-membros adotem medidas para banir a negação de que os nazistas cometeram crimes contra a humanidade durante a Segunda Guerra Mundial.

Continue lendo

internacional
Qual é a eficácia dos empréstimos e da assistência internacional?
guerra
Vijay Prashad: a guerra dilacera o coração da humanidade
europa
A crise de moradia alimenta a ascensão da extrema-direita na Europa

Leia também

palestina_al_aqsa
Guerra e religião: a influência das profecias judaicas e islâmicas no conflito Israel-Palestina
rsz_jones-manoel
Jones Manoel: “é um absurdo falar de política sem falar de violência”
Palmares
A República de Palmares e a disputa pelos rumos da nacionalidade brasileira
Acampamento de manifestantes pedem intervenção militar
Mourão, o Partido Fardado e o novo totem [parte I]
pera-9
A música dos Panteras Negras
illmatic
‘Illmatic’, guetos urbanos e a Nova York compartimentada
democracia inabalada
Na ‘democracia inabalada’ todos temem os generais
golpe bolsonaro militares
O golpe não marchou por covardia dos golpistas
colono israel
Os escudos humanos de Israel