Pesquisar
,

Erdogan diz que tropas turcas entraram na Síria para derrubar Assad

Erdogan afirmou que a entrada de tropas turcas na Síria, em Agosto, tinha como objetivo “acabar com o domínio do tirano Assad”.
por Pedro Marin | Revista Opera
(Foto: Presidência da Turquia)

O Presidente turco Recep Tayyip Erdogan disse nesta terça-feira (29), durante um evento em Istambul, que a entrada de tropas turcas na Síria, em agosto desse ano, tinha como objetivo derrubar o presidente do país, Bashar Al-Assad.

“Por que entramos? Nós não temos interesse no solo sírio. A questão é conceder terras aos donos reais. Ou seja, nós estamos lá pelo estabelecimento da justiça. Nós entramos lá para acabar com o domínio do tirano al-Assad, que aterroriza com terrorismo de estado”, disse Erdogan.

A declaração foi feita dias após tropas do Exército Sírio terem realizado uma ofensiva em Alepo, cidade-chave no conflito do país, que estava sob controle de grupos terroristas desde 2012.

O Presidente turco disse ainda que estima que quase 1 milhão de pessoas tenham morrido no conflito (a última estimativa da ONU é de 400 mil) e criticou a ONU, dizendo que “o mundo é maior do que cinco”, em referência aos cinco estados que são membros permanentes do Conselho de Segurança da Organização.

Continue lendo

campo refugiados def
Israel desobedece a CIJ e provoca novo massacre em campo de refugiados de Gaza
internacional
Qual é a eficácia dos empréstimos e da assistência internacional?
guerra
Vijay Prashad: a guerra dilacera o coração da humanidade

Leia também

palestina_al_aqsa
Guerra e religião: a influência das profecias judaicas e islâmicas no conflito Israel-Palestina
rsz_jones-manoel
Jones Manoel: “é um absurdo falar de política sem falar de violência”
Palmares
A República de Palmares e a disputa pelos rumos da nacionalidade brasileira
Acampamento de manifestantes pedem intervenção militar
Mourão, o Partido Fardado e o novo totem [parte I]
pera-9
A música dos Panteras Negras
illmatic
‘Illmatic’, guetos urbanos e a Nova York compartimentada
democracia inabalada
Na ‘democracia inabalada’ todos temem os generais
golpe bolsonaro militares
O golpe não marchou por covardia dos golpistas
colono israel
Os escudos humanos de Israel