Pesquisar
,

Terceirização e pejotização: Sacanagem burguesa

Uma das estratégias autorizadas com a nova lei das terceirizações é a “pejotização”, que consiste em fazer de conta que um trabalhador é uma empresa.
por Érico Bonfim

Uma das estratégias autorizadas com a nova lei das terceirizações, aprovada ontem (23), é a “pejotização”, que consiste em fazer de conta que um trabalhador é uma empresa.

Desse modo, a pessoa jurídica Severino da Silva – formada única e exclusivamente pelo seu Severino da Silva, que vai se aposentar apenas no caixão – deixa de ter seus direitos garantidos enquanto trabalhador. Afinal, o seu Severino é uma “empresa”, “prestadora de serviços”.

Eles fazem isso porque não podem simplesmente dizer que um trabalhador não pode mais ter seus direitos.

Eles driblam, burlam. São sacanas, sorrateiros, traiçoeiros, desonestos. São ladrões, porque roubam os trabalhadores.

São mentirosos, porque escondem o que verdadeiramente fazem.

Continue lendo

guerra
Vijay Prashad: a guerra dilacera o coração da humanidade
europa
A crise de moradia alimenta a ascensão da extrema-direita na Europa
paraisopolis
Massacre de Paraisópolis: "cada dia de espera é mais um dia de sofrimento", diz antropóloga

Leia também

palestina_al_aqsa
Guerra e religião: a influência das profecias judaicas e islâmicas no conflito Israel-Palestina
rsz_jones-manoel
Jones Manoel: “é um absurdo falar de política sem falar de violência”
Palmares
A República de Palmares e a disputa pelos rumos da nacionalidade brasileira
Acampamento de manifestantes pedem intervenção militar
Mourão, o Partido Fardado e o novo totem [parte I]
pera-9
A música dos Panteras Negras
illmatic
‘Illmatic’, guetos urbanos e a Nova York compartimentada
democracia inabalada
Na ‘democracia inabalada’ todos temem os generais
golpe bolsonaro militares
O golpe não marchou por covardia dos golpistas
colono israel
Os escudos humanos de Israel