Pesquisar
,

Frei Betto faz circuito em Cuba no aniversário do Centro Martin Luther King

Frei Betto realizará atividades em Granma, La Habana, Guantanamo e Santiago de Cuba, em conjunto com educadores, estudantes e líderes ecumênicos.
O pedagogo, teólogo e jornalista passará por diversas províncias em intercâmbios com educadores, estudantes e líderes ecumênicos. Por André Ortega | Revista Opera
Frei Betto se reúne com Fidel em Cuba, em fevereiro de 2014. (Foto: Cubadebate)

 

Famoso por seu contato com a Revolução Cubana, bem exposta em livros como “Fidel e a Religião”, Frei Betto foi convidado para uma série de atividades que marcam o aniversário de 30 anos do Centro Martin Luther King, em Cuba. O pedagogo, teólogo e jornalista brasileiro realizará atividades em Granma, La Habana, Guantanamo e Santiago de Cuba, em conjunto com educadores, estudantes e líderes ecumênicos.

O Centro Memorial Martin Luther King (CMMLK) foi fundado pela Igreja Batista Ebenezer, com o trabalho destacado dos pastores Raúl Soares e Clara Rodés. De acordo com a revista cubana “Bohemia”, o centro “mantém um compromisso com o povo cubano, a Revolução e o socialismo em defesa da vida plena de todos os seres humanos”. uma mensagem de aniversário do Centro declara que seus membros seguem “fiéis ao povo, à semente e a seus sonhos de paz e de justiça”.

Conhecido por sua proximidade com a Teologia da Libertação, Frei Betto também é um nome destacado da educação popular. O Centro preparou uma agenda que prevê o contato com os projetos de trabalho comunitário impulsionados pela Rede de Educadores Populares no assentamento de Guayacán, no município San Salvador (Guantanamo), e no Conselho Popular Aeroporto Viejo, em Bayamo.

Betto também participará de apresentações assinadas e co-assinadas por ele, como “Falam dos Educadores Populares”(Freire e Betto), publicado recentemente pelo Editorial Caminos do CMMLK, bem como sua biografia e o livro “Paraíso Perdido”. Ademais, o programa também inclui homenagem ao líder revolucionário latino-americano, Fidel Castro, no cemitério de Santa Ifigênia, assim como um encontro na zona que se encontra a base naval de ocupação militar e aprisionamento dos Estados Unidos, Caimanera (Guantanamo).

No dia 25 ocorrerá uma festa cultural dos 30 anos do CMMLK e dos cinco anos da Rede Ecumênica “Fé por Cuba” no Teatro Nacional, que incluirá o trovador Silvio Rodriguez entre os convidados. As atividades comemorativas do Centro não se reduzem à agenda de Frei Betto e incluem uma ampla gama de apresentações culturais e artísticas em La Habana, bem como feiras artesanais e especialmente eventos recreativos para as crianças da comunidade de Pogolotti, Marianao. Ocorrerão também apresentações do cantor Tony Avilla e do Grupo de Teatro infantil La Colmenita.

Acesse para conhecer o trabalho do centro e um pouco mais da educação popular, da política e da sociedade civil em Cuba: https://cmlk.org/ 

Continue lendo

balikatan china
Vijay Prashad: os Estados Unidos reúnem o esquadrão contra a China
milei
O realismo mata a ideologia: a rendição do governo Milei à China
carros eletricos
EUA-China: o problema com os carros elétricos

Leia também

palestina_al_aqsa
Guerra e religião: a influência das profecias judaicas e islâmicas no conflito Israel-Palestina
rsz_jones-manoel
Jones Manoel: “é um absurdo falar de política sem falar de violência”
Palmares
A República de Palmares e a disputa pelos rumos da nacionalidade brasileira
Acampamento de manifestantes pedem intervenção militar
Mourão, o Partido Fardado e o novo totem [parte I]
pera-9
A música dos Panteras Negras
illmatic
‘Illmatic’, guetos urbanos e a Nova York compartimentada
democracia inabalada
Na ‘democracia inabalada’ todos temem os generais
golpe bolsonaro militares
O golpe não marchou por covardia dos golpistas
colono israel
Os escudos humanos de Israel