Pesquisar
,

Novo Exército Popular das Filipinas realiza ataque contra guarda presidencial

A ação foi realizada em resposta à decisão do presidente filipino, Rodrigo Duterte, de expandir a lei marcial na região de Mindanau até o final de 2017.
por Pedro Marin | Revista Opera
(Foto: TOTO LOZANO/PPD)

O Novo Exército Popular das Filipinas (NEP), braço armado do Partido Comunista das Filipinas (PCF), realizou na última quarta-feira (19), na província de Cotabato, um ataque a oficiais do Grupo de Segurança Presidencial, deixando cinco oficiais feridos e um guarda paramilitar morto.

A ação foi realizada em resposta à decisão do presidente filipino, Rodrigo Duterte, de expandir a lei marcial na região de Mindanau até o final de 2017. “A lei marcial em Mindanau é dirigida contra o Novo Exército Popular e contra as forças lideradas pelo Partido, bem como contra o povo Moro”, disse o PCF em comunicado na terça-feira. “As forças revolucionárias em todo o país estão firmemente unidas e determinadas a resistir à lei marcial. O Novo Exército Popular deve continuar a se fortalecer nacionalmente, levando a cabo ações de resposta armada e ofensivas pelo país, para derrotar a lei marcial em Mindanau e a guerra no país.”

Em resposta ao ataque, o governo anunciou hoje que cancelará as conversas de paz com a Frente Democrática Nacional (FDN). “Estou cancelado as conversas com o PCF/NEP/FDN, originalmente previstas para os próximos dias, na Europa, devido aos recentes desenvolvimentos envolvendo ataques feitos pelo NEP”, disse o Conselheiro Presidencial no Processo de Paz, Jesus Dureza.

Continue lendo

balikatan china
Vijay Prashad: os Estados Unidos reúnem o esquadrão contra a China
milei
O realismo mata a ideologia: a rendição do governo Milei à China
carros eletricos
EUA-China: o problema com os carros elétricos

Leia também

palestina_al_aqsa
Guerra e religião: a influência das profecias judaicas e islâmicas no conflito Israel-Palestina
rsz_jones-manoel
Jones Manoel: “é um absurdo falar de política sem falar de violência”
Palmares
A República de Palmares e a disputa pelos rumos da nacionalidade brasileira
Acampamento de manifestantes pedem intervenção militar
Mourão, o Partido Fardado e o novo totem [parte I]
pera-9
A música dos Panteras Negras
illmatic
‘Illmatic’, guetos urbanos e a Nova York compartimentada
democracia inabalada
Na ‘democracia inabalada’ todos temem os generais
golpe bolsonaro militares
O golpe não marchou por covardia dos golpistas
colono israel
Os escudos humanos de Israel