Pesquisar

Evento em São Paulo discute arte e revolução e expõe cartazes da OSPAAAL

O evento acontecerá na Livraria Expressão Popular e será o marco da abertura da exposição dos cartazes da Revista OSPAAAL.
por Tricontinental
Cartazes da OSPAAAL.

Na próxima quarta-feira, dia 3, acontece o “A Arte e a Revolução”, um espaço organizado pelo Instituto Tricontinental de Pesquisa Social que contará com um bate papo com a designer do Tricontinental Tings Chak, a comunicadora popular, Laryssa Sampaio e da militante do MST, Ana Chã.

O objetivo do convite é construir uma Rede de Artistas e Designers para fomentar a batalha de ideias antiimperialistas e progressistas na produção visual e assim contribuir com o trabalho dos movimentos populares. Além, é claro, de homenagear os 66 anos da Revolução Cubana que utilizou a arte, informação e design como arma contra o imperialismo e que no dia 26 de julho faz aniversário.

O evento acontecerá na Livraria Expressão Popular e será o marco da abertura da exposição dos cartazes da Revista OSPAAAL – Organização de Solidariedade com os Povos da Ásia, África e América Latina, que reúne, desde 1966, os movimentos revolucionários dos três continentes. No mesmo dia será lançado o livro Sem terra em cartaz do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST).

Serviço
A Arte e a Revolução
Data: 03 de julho de 2019, a partir das 19h
Local: Livraria Expressão Popular – Rua Abolição, 201 – Bela Vista
Exposição dos cartazes da revista da OSPAAAL de 03/07 a 03/08.

Sobre o Instituto Tricontinental de Pesquisa Social

O Instituto Tricontinental de Pesquisa Social é uma instituição internacional, impulsionada pelos organizações populares e políticas da Ásia, África e América Latina. O objetivo é promover o pensamento crítico e emancipatório a serviço dos anseios das organizações populares e políticas, incidindo na realidade social, tornando-se uma referência na produção de conhecimento crítico dos movimentos populares na sociedade, como um instrumento da batalha de ideias.

[rev_slider alias=”livros”][/rev_slider]

Continue lendo

revolucao marroquina
’42 | A revolução marroquina [Ep.2]
Neuralink
De Los Alamos à Neuralink: a humanidade deve resistir à sua incessante reconstituição apocalíptica
rsz_42_06
’42 | Fatima e a Maré da Morte [Ep.1]

Leia também

palestina_al_aqsa
Guerra e religião: a influência das profecias judaicas e islâmicas no conflito Israel-Palestina
rsz_jones-manoel
Jones Manoel: “é um absurdo falar de política sem falar de violência”
Palmares
A República de Palmares e a disputa pelos rumos da nacionalidade brasileira
Acampamento de manifestantes pedem intervenção militar
Mourão, o Partido Fardado e o novo totem [parte I]
pera-9
A música dos Panteras Negras
illmatic
‘Illmatic’, guetos urbanos e a Nova York compartimentada
democracia inabalada
Na ‘democracia inabalada’ todos temem os generais
golpe bolsonaro militares
O golpe não marchou por covardia dos golpistas
colono israel
Os escudos humanos de Israel